NOTÍCIAS

Next
Projetos da Fundação Antonio Meneghetti participam do Congresso de Pedagogia

No II Congresso Internacional: “Uma Nova Pedagogia para a Sociedade Futura” os integrantes de alguns dos projetos da Fundação Antonio Meneghetti realizaram atividades e apresentações para os presentes durante os dois dias de evento.

Oportunidade em que a Invernada Adulta Recanto Maestro, a Orquestra Jovem Recanto Maestro e o Coral Recanto Maestro, puderam realizar suas belas apresentações culturais dos trabalhos que vem sendo desenvolvidos durante o ano. Os integrantes do Jovem & Tecnologia também fizeram presença tanto como ouvintes das palestras, quanto como pesquisadores, pois deviam entrevistar algumas pessoas para uma tarefa de uma aula do projeto.

Ressalta-se que por trás da ideia de iniciar e conduzir um projeto humano e social sempre há uma mente, uma inteligência superior, uma pessoa capaz de dar um sentido de valor à vida de cada um que de algum modo passe por seu caminho. Uma destas pessoas foi o Acad. Prof. Antonio Meneghetti que por muitos anos se dedicou a pesquisa teórica e prática para compreender o homem e suas relações dentro do universo. Deixou um enorme legado de conhecimentos para vivermos a busca interior e a integral evolução qualitativa de si mesmo, que em consequência traz o avanço também aquilo que nos circunda.

Um modo no qual é possível manter o pensamento de Antonio Meneghetti ativo é com os projetos sociais promovidos pela Fundação Antonio Meneghetti e apoiados por tantas outras instituições e pessoas. Eles visam privilegiar o homem. De modo individual trabalha as características e potenciais de cada participante para que ele seja capaz de descobrir e fazer a si mesmo sendo no futuro um instrumento e uma garantia de melhoria para a sociedade.

A Pedagogia Ontopsicológica é a base que sustenta os projetos já realizados até o momento. Através dela os jovens conseguem identificar e trabalhar seus potenciais dentro de uma atividade que também lhe traz felicidade e ganho pessoal. Ficou evidente durante as apresentações no Congresso que de modo vivo trouxe o resultado de um trabalho sério que visa acima de tudo o crescimento contínuo em cada participante de cada projeto.

Nova horta do Projeto Oikos no Recanto Maestro

Os integrantes do Projeto Oikos, projeto apoiado pela Fundação Antonio Meneghetti, realizaram atividades práticas no mês de setembro na Horta do Recanto Maestro.

Alunos da E.M.E.F. Luiz Barchet  de Dona Francisca e da E.M.E.F. Santos Reis de Agudo que já participam do Oikos nas suas escolas, auxiliaram o plantio de hortaliças na nova horta do projeto, localizada no Recanto Maestro.

O Recanto Maestro é um centro ecobiológico que foi criado com o objetivo de proporcionar a jovens e adultos um local sadio, ecologicamente correto e com uma beleza viva, na qual fosse possível o ser humano ter uma formação e desenvolvimento integral.

 “O ambiente nos causa e nós causamos o ambiente. Consequentemente, é preciso entrar nessa visão para se tornar responsável competente e para obter uma interatividade nativa.” (Acad. Prof. Antonio Meneghetti)

Realizado II Congresso Internacional

O que estamos fazendo pelos nossos jovens? Pergunta o Acad. Prof. Antonio Meneghetti em um dos vídeos apresentados durante o II Congresso Internacional Uma Nova Pedagogia para a Sociedade Futura: Protagonismo Responsável, realizado dias 23 e 24 de setembro na Antonio Meneghetti Faculdade (AMF), no campus Recanto Maestro, na divisa entre São João do Polêsine e Restinga Sêca (RS). Os palestrantes presentes e autores de trabalhos e práticas que apresentaram-se nas salas de conferência pareciam buscar tais respostas. Entre personalidades advindas do Japão, Letônia, Rússia, Itália, Ucrânia e Brasil, estavam empresários, acadêmicos e jovens profissionais. As falas propuseram medidas práticas para uma educação que atenda as necessidades da sociedade do amanhã.

Ao todo, cerca de 1,1 mil pessoas estiveram presentes nos dois dias do Congresso, sendo 160 os pesquisadores que inscreveram trabalhos entre comunicação oral, banner e relato de experiência. Seis desses participantes foram premiados, dois em cada categoria, com prêmios que foram R$ 8 mil a R$ 2,5 mil (confira abaixo a lista dos ganhadores). Esse valor deverá agora contribuir para a continuidade dos projetos apresentados por esses participantes, como já foi o caso no I Congresso Internacional “Uma Nova Pedagogia para a Sociedade Futura”, do qual alguns ganhadores estiveram presentes novamente nesta segunda edição como apresentadores.

Entre os palestrantes destaque estiveram o Prof. Dr. Noriyuki Ueda, Reitor do Centro de Artes Liberais e da Escola de Graduação em Ciência e Tecnologias da Decisão do Instituto de Tecnologia de Tokyo; a Presidente e fundadora da Blue Tree Hotels, Chieko Aoki, e o filósofo, pedagogo e ontopsicólogo brasileiro, Membro do Conselho Deliberativo da Fundação Antonio Meneghetti, Prof. Dr. Alécio Vidor; o filósofo, professor e consultor, Josemar Soares; o vice-presidente do Grupo Meta, conselheiro da Fundação Antonio Meneghetti e gestor da FOIL Brasil, Wesley Lacerda; o vice-presidente do Grupo Meta, conselheiro da Fundação Antonio Meneghetti e Diretor Artístico da Associação OntoArte, Claudio Carrara; o presidente da Calçados Beira Rio e presidente da Fundação Antonio Meneghetti, Roberto Argenta; o Coordenador de Formação Empresarial e Liderança da AMF e Editor da Revista Performance Líder, Ricardo Schaefer e representantes da Associação de Língua e Litratura Russa.

Segundo o Professor Noriyuki Ueda, a combinação entre criatividade, humanidade e socialidade podem ser a resposta para essa difícil pergunta. É com esses três pilares e tendo o conceito de ambição como guia que ele tem restaurado o ensino de Ciências Exatas em uma das principais e mais renomadas instituições de ensino superior do Japão. A ambição para crescer, a motivação para buscar uma educação contínua e a humanidade para exerctiar a própria capacidade de empatia e colocar-se no lugar do próximo ao prestart um serviço esteve, de certo modo, presente nos discursos de muitos palestrantes. Os palestrantes mais jovens deram destaque à importância do trabalho como ocasião para aprendizado, como escola de vida.

Em termos de atividades artísticas e culturais, o Congresso apresentou, na sexta-feira, a estreia mundial da obra Divina Comédia: cantata, composição criada pelo compositor gaúcho Vagner Cunha inspirada sobre o primeiro canto do Paraíso, uma das três partes da obra Divina Comédia, de Dante Alighieri. A apresentação foi

interpretada pelos músicos da Camerata OntoArte Recanto Maestro e do Coral Presto com regência de Antonio Borges-Cunha, diretor artístico da Orquestra de Câmara do Theatro São Pedro. No sábado, foi a vez das apresentações do Coral Recanto Maestro; da Invernada Adulta Recanto Maestro; e da Orquestra Jovem Recanto Maestro.

A próxima edição do Congresso “Uma Nova Pedagogia para a Sociedade Futura: Protagonismo Responsável” está prevista para 2018. Em 2017, será realizado um simpósio preparatório para o evento.

 

Um pouco de história - Mantendo a tradição de 28 anos como um centro educacional que atua a partir da Quarta Colônia de Imigração Italiana do Rio Grande do Sul para o mundo, o Recanto Maestro sediou, em 2014, o I Congresso “Uma Nova Pedagogia para a Sociedade Futura”. Na ocasião, estiveram presentes 1123 pessoas e foram premiados 25 casos práticos de aplicação pedagógica de sucesso – visando auxiliar tecnologias sociais educacionais bem sucedidas de todo o país. O evento contou com a participação de entidades como Fundação Lemann, Instituto Gol de Letra, Fundação Bradesco, Escola SESC de Ensino Médio, Projeto Guri, UNDIME RS e com palestrantes como o Prof. Dr. Pedro Demo, Prof. Dr. Alécio Vidor e Prof. Dr. Içami Tiba. O I Congresso apoiou movimentos da Organização das Nações Unidas, como o Pacto Global, PRIME e Impacto Acadêmico; além de ser organizado para auxiliar o Brasil no alcance dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio, hoje sucedidos pelos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. Saiba mais: www.fundacaoam.org.br/congresso2016

 

 

Resultados do Concurso Cultural

 

Comunicação Oral

 

Primeiro lugar) Rafael Lorentz – “A arquitetura como ferramenta de construção da cidadania”

 

Segundo lugar) Eloy Dermachi Teixeira e Patrícia Wazlawick – “A relação entre responsabilidade, autonomia e abordagem profunda no estudo: um estudo com ingressantes universitários da Antonio Meneghetti Faculdade”

 

Relato de Experiência

 

Primeiro lugar) Thayse Smek Uberna – “Natureza e arte: uma experiência de cidadania na educação infantile”

 

Segundo lugar) Janine Coelho Ouriques, Ariel Ramos, Luana Ramos, Patrícia Salles, André Menezaes – “Casa dos estudantes da AMF – uma proposta de gestão para a construção da cidadania: Pedagogia do Fazer”

 

Banner

 

Primeiro lugar) Shaiane Bitencourt, Estela Maris Giordani, Gabriela Mombelli – “Aprendizado da pedagogia ontopsicológica na educação de pais e professores”

 

Segundo lugar) Patrícia Gabriela Billa Sales, Janine Coelho Ouriques – “O caminho para identidade”

Realizada Coletiva de Imprensa sobre o Congresso

Na véspera do "II Congresso Internacional Uma Nova Pedagogia para a Sociedade Futura", foi realizada, na Faculdade Antonio Meneghetti (AMF), uma especial Coletiva de Imprensa que recebeu, com muita honra, jornalistas, radialistas, apresentadores e público, reunindo os principais veículos de comunicação da Região Central do Rio Grande do Sul. A intenção foi dar a abertura para um entendimento mais amplo sobre a tônica e a importância do Congresso no atual contexto social, e estender o convite a todos os atenciosos ouvintes dos respectivos canais! A Fundação Antonio Meneghetti e a Faculdade Antonio Meneghetti agradecem a presença de todos os profissionais dedicados a esta atividade!

Aula de Atitude Empreendedora do Projeto Jovem & Tecnologia

No último encontro da aula de atitude empreendedora deste mês do projeto Jovem & Tecnologia promovido pela Fundação Antonio Meneghetti, Grupo Meta e Faculdade Antonio Meneghetti os participantes tiveram a oportunidade de realizar diferentes atividades práticas.

Na turma do nível intermediário os alunos foram divididos em grupos e tinham a tarefa de fazer uma gravação de um comercial. Eles tinham um determinado valor fictício que deveria ser investido na compra de equipamentos e efeitos para edição do vídeo. Contudo, os jovens desenvolveram a habilidade de imaginar e criar ideias que pudessem ser colocadas em prática na atividade, além de gerenciar o material que tinham em mãos investindo na melhor opção disponível.

O nível básico, aproveitando o período de Olímpiadas desenvolveu uma competição entre a turma, onde foram montadas equipes empresariais que tinham por objetivo criar um produto e depois fazer a venda dele para uma banca avaliadora. Cada equipe possuía jovens responsáveis pelos setores financeiro, de marketing, de vendas e de produção com responsabilidades específicas para ao final chegarem no objetivo de entregar o melhor resultado, vivenciando um pouco do que acontece em uma empresa real.

As atividades das aulas de atitude empreendedora do Projeto Jovem & Tecnologia procuram desenvolver nos jovens uma visão empreendedora para a carreira profissional formando progressivamente uma mentalidade diferenciada no jovem dando oportunidades de crescimento para aqueles que têm interesse real de construírem a si mesmos como protagonistas de modo responsável.

 

Atividade de plantio e colheita de hortaliças no Projeto Oikos

Na última semana iniciou o processo da primeira colheita da horta vertical do Projeto Oikos da Fundação Antonio Meneghetti na E.M.E.F Santos Reis, em Agudo. As hortaliças foram plantadas há 2 meses pelas próprias crianças que participam do projeto.

Já as crianças da E.M.E.F Antonio Luiz Barchet de Dona Francisca, também realizaram uma atividade do projeto, elas fizeram o plantio de novas hortaliças e foram acompanhadas no procedimento pelo Engenheiro Florestal Ricardo Henrique Klüsener.

Através do projeto Oikos, de maneira saudável a criança tem a oportunidade de ter o contato com a terra aprendendo e desenvolvendo valores em relação à alimentação e o cuidado com o ambiente que as circunda.

Destaca-se que as hortaliças colhidas pelas crianças também foram servidas na merenda da E.M.E.F Santos Reis, aumentando a qualidade de vida e o respeito ao meio ambiente pelos participantes e assim atendendo o sétimo objetivo do milênio da ONU.

Página 26 de 30

Ao continuar navegando em nosso site, você concorda com a nossa Política de Privacidade e com os nossos Termos de Serviço