Fanciullo

Nós aprendemos que todo mundo pode ser alguém na vida é só se esforçar e nós aprendemos várias coisas como os personagens corajosos que no começo da história tinham medo e depois perdiam o medo. Nós aprendemos que se quer ser alguém na vida, tem que tentar ser alguém, tem que tentar dar o seu melhor em tudo, na leitura, na escrita, tem que tentar fazer coisas do bem, ajudar as pessoas [...] Agora eu sou um autor de um livro. Para finalizar nós fizemos um livro que o nome do personagem era Herick, que ele adorava muito o Brasil, estudar sobre o Brasil e agora eu sou um autor de um livro.
Alisson Rodrigues, 7 anos, Santos Dumont, Agudo

O livro “Despertando Autores: Descobrindo novos mundos” trouxe para a realidade estudantil uma grande contribuição, uma vez que as histórias contidas no livro tratam de vários temas, trazendo um enfoque lúdico, inovador e prazeroso para o público leitor, tanto crianças, jovens e adultos fazendo com que cada um desperte o senso crítico, o imaginário e a curiosidade, incentivando-os a serem cada vez mais seres críticos, protagonistas e responsáveis.
Ledi Maria Foletto Sartori, Secretária Municipal de Educação, Cultura, Desporto e Turismo, São João do Polêsine

A coleção Fanciullo é, de fato, um mundo de descobertas. A cada encontro descobrimos algo novo em nós e nas crianças. No início foi desafiador, ouso a dizer que o mais desafiador foi achar o tema e iniciar as histórias, pois foi preciso "quebrar o tabu" do era uma vez. Conseguimos! Após trabalhado esse ponto com diversos livros, os quais não começam com o famoso era uma vez, as histórias fluíram e as crianças, algumas com mais resistência que outras deixaram a criatividade falar mais alto. Evidenciou-se do trabalho em equipe, belíssimas histórias.
Shayanni Guarezi, estagiária do projeto Despertando, aluda de Ontopsicologia